O DESAFIO DA ESCOLA EM TRABALHAR COM A DIVERSIDADE

José Rosamilton de Lima

Resumo


Neste artigo, objetiva-se trazer breves reflexões acerca das temáticas: promoção da igualdade, respeito e valorização da diversidade étnico-racial, identidade de gênero e de orientação sexual. Este artigo é composto de três partes. Na primeira abordamos a diversidade cultural no Brasil e mostramos como o negro é penalizado por meio das relações de força. Na segunda, falamos sobre a importância da escola para promover a equidade de gênero e combater as formas de discriminação. Na última parte discutimos a discriminação sofrida pelos homossexuais e a falta de preparação da escola quando se omite de trabalhar a temática da sexualidade. Para isso, nos fundamentamos teoricamente no livro de conteúdo Gênero e Diversidade na Escola (2009), e recorremos aos estudos de Foucault (2008a; 2008b) e Bento (2006; 2008). Podemos dizer que pensar em preparar o indivíduo para exercer cidadania é refletir questões que propicie a qualidade de vida do ser humano enquanto sujeito capaz de ter a liberdade de decidir sobre a sua própria sexualidade, sobre que atividades no mercado de trabalho deseja desenvolver independentemente do gênero ou cor da pele. Portanto, a escola como instituição formadora de opinião e com o dever de formar o aluno para a cidadania, não pode continuar propagando ideias e conceitos que alimentem o preconceito e a discriminação contra a pessoa humana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  2317-6911


Indexado em:

Harvester
Ibict
Latindex
Pkp
Sumarios
DOAJ
Capes
LivRe
E-Revistas
Dialnet
EBSCO
Funadesp